Curiosidades sobre as tradições de um casamento judaico

Curiosidades sobre as tradições de um casamento judaico

0
(0)

Além de ser realizado em um chupá, um casamento judaico tem algumas particularidades. Veja algumas delas e umas dicas para ter uma cerimônia única. 

Não existem barreiras nem limites quando o assunto é amor. E independente da religião é isso que importa em um casamento: celebrar o amor de duas pessoas e marcar um novo ciclo. No judaísmo existem algumas tradições que devem ser seguidas e isso também vale para o casamento judaico. 

Antes do casamento já existem particularidades como o noivado à distância. Na semana anterior ao casamento, os noivos não podem se encontrar. O jejum é outra tradição. Além disso, os noivos fazem jejum no dia do casamento que vale do nascer do sol até o fim da cerimônia. Isso faz com que todos os pecados sejam perdoados. Além disso, representa um momento sagrado para purificar o corpo e a alma com atos de bondade, orações e profunda reflexão espiritual. 

Toda tradição é repleta de significados para o casamento. Veja agora alguns dos rituais que dão sentido à celebração para te inspirar. 

Celebrante

Geralmente o casamento judaico é conduzido por um rabino e pelo razan, mas diferente do casamento católico, qualquer judeu sábio (homem mais velho e com mais experiência na comunidade) pode ser o celebrante. 

A famosa Kipá

Kipá é o nome do chapeuzinho usado na religião. Em um casamento judaico todos os homens devem usar a Kipá. Para os judeus cobrir a cabeça representa respeito e temor a Deus.

“Nossa futura casa” – chupá 

Um item fundamental em um casamento judaico é o tradicional Chupá (pronuncia-se hupá). O elemento é como uma “tenda” aberta de todos os lados sob a qual é realizada a cerimônia. A chupá representa a futura casa a ser construída e dividida pelo casal. 

Quebra dos copos 

Talvez essa seja a tradição mais famosa. Além disso, a quebra do copo pelo noivo é o momento em que todos os convidados gritam Mazel Tov (que significa Sorte). O significado desse ritual é a recordação da destruição do antigo Templo de Jerusalém. Além disso, o ato também proporciona ao casal sua identidade de povo judeu.

Depois disso, é só aproveitar a festa com todo o simbolismo e bênçãos. Em suma, cada religião tem seus rituais e particulares que deixam o grande dia ainda mais especial para os noivos. 

O que achou desse post?

Clique em quantas estrelas esse post merece!

Média de classificação 0 / 5. Total de votos: 0

Seja o primeiro a avaliar esse post!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

WhatsApp chat